O SINDEST tem uma novidade para você

O SINDEST firmou parceria com a Odontobase saúde bucal para oferecer a melhor cobertura odontológica para você e a sua família. São mais de 200 procedimentos cobertos na melhor rede de dentistas de Santos, todos sem limite de idade para os dependentes, sejam eles filhos, pais, irmãos, avós, netos ou cônjuges. Você tem uma grande cobertura de tratamentos por um pequeno preço mensal.

Não há nada melhor para manter você saudável pela vida toda.

Imprima, preencha e entregue em seu sindicato. Ou, se preferir, envie para o
e-mail atendimento@odontobase.com.br ou no WhatsApp (13) 97421-1866.

Conheça as coberturas

  • Urgências/Emergencias

    São procedimentos que necessitam de atendimento imediato e podem ser realizados em consultório odontológico. Após esse atendimento, é necessário procurar o Clínico Geral para continuar o tratamento definitivo. Consideram-se procedimentos de urgência/emergência aqueles previstos no Rol de Procedimentos Odontológicos vigentes à época do evento.

  • Consultas

    Entende-se por consulta, a sessão onde o profissional fará a primeira avaliação, direcionando, caso necessário, aos especialistas do caso.

  • Prevenções

    Consiste no conjunto de atos indicados para prevenir que tenhamos problemas bucais. Neste, estão a aplicação de flúor, a limpeza (profilaxia), a orientação e outros.

    Esta é certamente a área mais importante da odontologia, afinal, é a especialidade que garante o bem estar das pessoas e investe na manutenção de suas saúdes, antes que algum problema apareça para então ser tratado e resolvido.

    Além de uma adequada higiene bucal, a visita periódica ao dentista é que garante a saúde permanente.

    A pessoa que tem por hábito retornar periodicamente ao dentista, previne cáries e problemas gengivais, efetua a manutenção de todos seus tratamentos já realizados, aumenta a durabilidade dos mesmos, combate infecções que poderiam causar danos na saúde geral e ainda identifica uma série de eventuais doenças que se manifestam na boca, muitas vezes, protegendo a própria vida.

  • Dentística

    É a especialidade que normalmente atua na remoção da cárie, para sempre que possível, já restaurar o dente com o material escolhido (o material mais comumente usado é a resina fotopolimerizável, material da cor do dente que enrijece com o uso de uma luz forte azul). Restaurações possuem cobertura para quaisquer dentes.

    Muitos dentistas que não são especialistas em dentística também fazem excelentes restaurações, uma vez que é um dos trabalhos mais comuns na odontologia.

    Os profissionais desta área são também os ideais para atuar na área cosmética e estética, efetuando serviços como clareamentos dentais, facetas estéticas indiretas, lentes de contato dentais, dentre outros procedimentos, como onlays (reconstituições dentárias parciais com peças indiretas), dentre outros. Procedimentos estes, geralmente não cobertos.

    Peças indiretas são aquelas efetuadas em laboratório para serem cimentadas no dente. Já os trabalhos diretos, são os realizados diretamente no dente.

  • Endodontia

    É a especialidade que trata dos canais dos dentes. Estão cobertos todos os tipos de tratamentos de canal: de dentes da frente, incisivos e caninos (geralmente 1 conduto), dentes do meio, os pré-molares (geralmente 2 condutos) e os dentes do fundo, nossos molares (geralmente 3 ou mais condutos). São cobertos os tratamentos assim como os retratamentos, o que significa, retirar o que já existe de tratamento e refazer.

    “Endo” significa “dentro”. Internamente em nossos dentes temos a polpa, mais conhecido como “nervo”. Este “nervo” ocupa a região da coroa do dente (parte branca que enxergamos), assim como se estende ao longo das raízes dos dentes, dentro de um conduto.

    O tratamento de canal consiste em limpar este conduto, removendo germes e bactérias ali inseridas e, após a máxima limpeza, o fechamento com o material adequado.

  • Periodontia

    Especialidade que atua nas estruturas ao redor do dente. Ou seja, cuida dos problemas que acometem a gengiva, o osso de suporte do dente e as fibras que unem a raiz do dente ao osso.

    O problema periodontal mais comum é o causado pelo acumulo de tártaro. Que é uma crosta formada aos poucos pela deposição de minerais existentes na nossa saliva, sobre a placa bacteriana mal removida, aquela “massinha” que deixa nossos dentes ásperos quando acordamos.

    Os atos mais comuns nesta especialidade são as raspagens dentais, método utilizado para remover o tártaro formado e aderido na parede das raízes e coroas de nossos dentes. Raspagens simples são feitas por praticamente qualquer dentista, já as raspagens mais avançadas comumente são melhor efetuadas quando por especialistas na área.

    As raspagens são cobertas assim como a grande maioria dos atos desta especialidade, sendo possível tratar de casos extremamente complexos com a cobertura do plano.

    Vale orientar que, o tártaro, conforme vai se formando, causa migrações dos tecidos gengivais e do osso de suporte. Na evolução deste problema é muito comum encontrarmos sangramentos gengivais, mal hálito, retrações gengivais expondo as raízes dentárias e finalmente mobilidades que resultam em perdas dentais.

  • Odontopediatria

    Especialidade focada em crianças. Muitos profissionais não especialistas podem ter grande facilidade em tratar de crianças e muitas vezes, com habilidade suficiente para fazer com que a criança não somente aceite o tratamento, como goste de retornar.

    O especialista porém, está habilitado para o uso de estratégias psicológicas que, em muitos casos, fazem a diferença.

    O ideal é que a criança frequente o dentista desde muito cedo, bem antes de ter qualquer problema. Deste modo, o dentista pode transformar a sessão em um momento prazeroso, o que ajudará a criança a aceitar a necessidade de eventuais tratamentos, que serão muito mais raros e simples, dada a intervenção rápida e a atuação preventiva.

    A criança que retorna sempre ao dentista, permite inclusive que este acompanhe a erupção de seus dentes, prevenindo dentes tortos, encavalados, etc...

  • Cirurgias e extrações

    Envolve desde extrações dentárias mais simples, efetuadas também com dentistas clínicos gerais, como extrações mais especializadas, como a de dentes inclusos (dentro do osso ou gengiva), como alguns sisos por exemplo.

    Todas as extrações dentárias estão cobertas e a cobertura de cirurgia se estende por mais de 40 tipos de cirurgias, o que envolve a remoção de cistos, biópsias e muito mais. Importante considerar que todas as cirurgias são cobertas desde que em ambiente ambulatorial, o que significa dentro do próprio consultório do dentista.

    O especialista desta área é o Cirurgião Buco Maxilo Facial e é ele quem geralmente está mais preparado para todas as cirurgias. Porém, existem dentistas que, apesar de não possuírem título de especialista, dominam bem as técnicas cirúrgicas, seja em decorrência de cursos de extensão como pela prática diária.

  • Raio-X

    É a especialidade que realiza os exames de diagnóstico através das radiografias odontológicas (Raio-X), tomografias e afins. No consultório odontológico, geralmente são realizadas as radiografias menores, chamadas periapicais ou interproximais. Outros exames são normalmente efetuados em clínicas de radiologia odontológica.

    As documentações ortodonticas também são realizadas por estas clínicas. A documentação consiste de fotos, modelos de gesso, radiografias e traçados cefalométricos (trabalho que analisa ângulos e relaciona as estruturas de nossa cabeça para que o ortodontista planeje seu tratamento)

    O especialista em radiologia odontológica, além de efetuar estes exames, também é quem emite laudos sobre os achados.

    A documentação ortodôntica está coberta nos planos com ortodontia. As radiografias efetuadas em consultório são cobertas em todos os planos. Os exames radiográficos efetuados em clínicas de radiologia, como o rx panorâmico por exemplo, são cobertos desde que com a correta indicação (já prevista). Já a tomografia, não possui cobertura.

  • Próteses do Rol ANS

    As próteses dentárias são uma forma artificial de substituição de dentes naturais. Através da cópia de uma certa região de nossa boca (moldagem), enviamos para um laboratório protético confeccioná-las.

    As próteses podem recompor parte da coroa de um dente assim como toda a sua coroa, quando a sua raiz ainda está boa. Assim como as próteses também podem recompor os espaços que houve a perda de todo o dente, ou seja, perdeu-se também sua raiz.

    De acordo com cada caso, serão indicadas peças móveis, que podem ser removidas para se efetuar a higiene diária, ou próteses fixas, cimentadas, devendo a limpeza ser efetuada dentro da própria boca.

    Próteses móveis não são cobertas pelo Rol ANS. Do mesmo modo que também não são cobertas peças fixas com materiais mais modernos, estéticos e resistentes, como a porcelana por exemplo.

    De modo geral, a cobertura obrigatória de prótese, limita-se a:

    Coroas de metal para dentes do fundo, bem longe da estética atualmente almejada, mas suficientes para recompor a saúde e eficiência mastigatória de quem prefere não gastar com melhores materiais.

    Coroas de jaqueta em resina ou cerômero em dentes da frente. Peças estéticas, mas com a resistência extremamente limitada.

    De modo geral, esta cobertura serve como uma garantia extra para os beneficiários não dispostos a adquirir peças mais modernas e de melhores materiais.

    Boa parte das peças são simples de serem realizadas, podendo ser realizadas por profissionais de quaisquer especialidades. Casos mais avançados e mais extensos, tem maior chance de necessitar de um especialista.

Tire suas dúvidas

Quem pode se tornar um Beneficiário Odontobase através do SINDEST?
Todo servidor já associado ao Sindicato, como também aqueles que vierem a se associar.

Como faço para ter meu plano Odontobase?
Basta preencher e assinar a Guia de Adesão e entregá-la da sede do sindicato.

Onde consigo mais informações?
Diretamente na sede do Sindicato (13- 32020880) ou na central de atendimento (13-33457365).

Quais dependentes podem ser incluídos no meu plano?
Pode incluir a esposa(o) ou companheira(o), comprovada a relação estável pelos documentos pertinentes, os filhos, os enteados, os tutelados que ficam equiparados aos filhos, pai, mãe, irmãos, avós, netos(as), tios(as), sobrinho(as), bisnetos(as), sogro(a), genro, nora, padrasto, madrasta, enteado(a), cunhado(a) e concunhado(a).

Sou associado, mas tenho outro plano, como faço a mudança?
Basta preencher a Guia de Adesão padrão. Nela já está prevista sua migração, caso esteja vinculado a algum outro convênio odontológico.




Onde pego a carteirinha do meu convênio Odontobase?
Diretamente no Sindicato.






Onde consulto a Rede Credenciada?
A rede de Atendimento, completa e atualizada, pode ser consultada através de nosso portal www.odontobase.com.br/rede-credenciada.php ou na nossa Central de Atendimento, no tel 3040-7400.




Como inicio meu tratamento?
Após a consulta inicial, é efetuado seu plano de tratamento. Os atos cobertos são solicitados para a Odontobase, via sistema online. Você já pode marcar sua data de retorno para inicio, pois a aprovação é bastante ágil.



Preciso agendar minha consulta antes de ir ao dentista?
Sim. Cada dentista atende em seu próprio consultório ou clínica. Deste modo, cada um possui uma agenda particular. Chegar ao consultório sem prévio agendamento pode gerar o não atendimento, tanto por eventual ausência do dentista, quanto por falta de horário na agenda, já comprometida com outros clientes.

Preciso de uma urgência, como procedo?
Você pode consultar a rede Credenciada e ligar diretamente para o dentista que escolher e verificar a possibilidade de uma consulta de urgência, como também pode solicitar auxilio para nossa Central de Atendimento.





O que levar para o meu atendimento?
Você deve levar sua carteirinha de identificação e um documento com foto (preferencialmente seu RG). Se for menor de idade e ainda não possuir qualquer documento com foto, leve a certidão de nascimento e seu documento comprovando ser o responsável pelo mesmo.




Para usar meu plano tenho que pagar algo para o dentista?
Todos os atos cobertos são integralmente pagos pela Odontobase ao dentista, você não possui qualquer participação no custeio. Atos não cobertos por seu plano são acordados diretamente com seu dentista. Existem alguns acordos operacionais que garantem vantagens para você utilizar serviços de estética e implantes. Os locais que possuem estes benefícios são chamados de Rede Direcionada.

Se eu precisar faltar preciso avisar o dentista?
Sim. Ocupar o horário do profissional e não comparecer prejudica muito o dentista, uma vez que ele não mais recupera o período parado. Alguns dentistas cobram pela falta à consulta como meio para auxiliar que seus clientes não faltem. Normalmente, os dentistas solicitam que seja avisada a falta com pelo menos um dia de antecedência, de modo a haver tempo de encaixar outro cliente no horário. Se informe sobre estas regras, diretamente no consultório que escolher para efetuar seu tratamento.

Quais procedimentos posso realizar na urgência?
Procedimentos para a remoção da dor ou do incômodo atual, como remoção da inervação dentária (pulpectomia), curativos, controle de hemorragias, drenagem de abscessos, colagem de fraturas dentárias e reimplantes de dentes avulsionados e demais procedimentos no quais o paciente esteja com dor. Procedimentos eletivos, como canais, restaurações, raspagens, extrações e outros, devem são programados para tratar e não configuram como procedimentos de urgência.

Existe limite de consultas?
Não existe limite de consultas. A Odontobase inclusive incentiva visitas constantes aos nossos parceiros dentistas.